sábado, 23 de outubro de 2010

Clarice vos fala

Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras. 
Sou irritável e firo facilmente. 
Também sou muito calmo e perdôo logo. 
Não esqueço nunca. Mas há poucas coisas de que eu me lembre.
Sou paciente mas profundamente colérico, como a maioria dos pacientes. As pessoas nunca me irritam mesmo, certamente porque eu as perdôo de antemão. 
Gosto muito das pessoas por egoísmo: é que elas se parecem no fundo comigo. 
Nunca esqueço uma ofensa, o que é uma verdade, mas como pode ser verdade, se as ofensas saem de minha cabeça como se nunca nela tivessem entrado?
Tenho uma paz profunda, somente porque ela é profunda e não pode ser sequer atingida por mim mesmo. Se fosse alcançável por mim, eu não teria um minuto de paz. Quanto à minha paz superficial, ela é uma alusão à verdadeira paz. 
Outra coisa que esqueci é que há outra alusão em mim – a do mundo grande e aberto. 

[...]

Meu amor pelo mundo é assim: eu perdôo as pessoas terem um nariz mal feito ou terem lábios finos demais e serem feias – todo erro dos outros e nos outros é uma oportunidade para me amar.


Clarice Lispector. Uma aprendizagem ou o Livro dos prazeres. ed. Rocco, 1998. p.59-60


8 comentários:

  1. Eric...

    Entrego agora todas as minhas palavras ao tempo... escolho o silêncio... já que você trocou o seu próprio e só seu "silêncio"... deixando que Clarice vos falasse...Tanto há em ti... que Clarice te define muito bem...

    Sua visita fez calmaria em meu ser...

    Deixo beijo
    Com carinho
    Linda noite... um lindo amanhã... dias de paz!
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  2. Oiii
    Gostei muito do blog e do texto =)

    Tô te seguindo...

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Clarice escreve de forma Plena não é meu caro amigo? Fico feliz que tenha reproduzido sua convivência com as palavras de Lispector. Você é admirável! Fico feliz que ainda há pessoas como você que conseguem absorver certas palavras, certos dons, os transferindo para sua realidade, elucidando carinho diante do mundo e por fim, perdoando. Agradeço sua visita nobilissimo amigo, aguardo a próxima, porque pessoas como você, sempre serão bem vindas. Meu cantinho sorri para isso.

    Atenciosamente seu amigo,

    Dan

    ResponderExcluir
  4. Olá! Td bem?

    Adoro Clarice, sempre nos diz algo na lata que nos fazem pensar e dizermos "É verdade".

    Beijo querido!

    ResponderExcluir
  5. ...olá menino de alma linda!

    fostes buscar Clarice, e eu fiquei
    assim de boca aberta diante das
    palavras!

    lindo é você!

    meu beijo!


    boa semana, querido!

    ResponderExcluir
  6. Às vezes, coisas que já foram ditas/escritas falam tanto como se fossem pra gente, não?

    ResponderExcluir
  7. Sou suspeita em dizer que Clarice é uma das minhas preferidas...
    Menino, amei teu blog e estou te seguindo já!
    Adorei sua visita! Apareça sempre por lá!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa, sempre Clarice. Que lindo. Gostei daqui, belo post. Seguindo-te, beeejo. :)

    ResponderExcluir

Eu sei que as minhas palavras podem parecer confusas e perdidas. Você pode achar o que quiser. Apenas ache, pois é assim que eu me encontro!